sexta-feira, 7 de abril de 2017

História - 'CRÓNICA DA FUNDAÇÃO DOS CAMINHOS DE FERRO EM PORTUGAL', de Luiz Teixeira - Lisboa 1958 - MUITO RARO



História - Um documento histórico da fundação dos caminhos de ferro portugueses


'CRÓNICA DA FUNDAÇÃO DOS CAMINHOS DE FERRO EM PORTUGAL'
Edição do Centenário
De Luiz Teixeira
Edição da Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses
Lisboa 1958


Livro com 52 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação. Excelente.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


Da INTRODUÇÃO:
"Quando decorrer um século depois da inauguração do primeiro caminho de ferro deverá circular no mesmo trajecto então percorrido a primeira unidade de exploração eléctrica, o que marca outra data notável na história dos nossos transportes ferroviários. Desejo neste momento prestar a todos que, durante este século, trabalharam em prol do caminho de ferro - Chefes de Estado, ministros e políticos, financeiros e homens de acção, dirigentes e dirigidos, trabalhadores da obra ferroviária - o mais comovido preito de homenagem e reconhecimento em nome de quantos hoje se esforçam por conseguir melhores caminhos de ferro para Portugal - que graças a Salazar é um Portugal melhor para todos os portugueses.

MÁRIO DE FIGUEIREDO
Presidente do Conselho de Administração da
Companhia dos Caminhos de Ferro Portugueses"


Preço: 100,00€;

terça-feira, 4 de abril de 2017

Ultramar & Guerra Colonial - 'L'outre-mer portugais en procès', de Luc Beyer de Ryke - Bruxelas 1973 - MUITO RARO



Ultramar & Guerra colonial - A problemática da administração colonial e da guerra nas colónias portuguesas


'L'outre-mer portugais en procès'
De Luc Beyer de Ryke e Marie-Claire Beyer de Ryke, photos
Edition Pierre de Méyère
Bruxelas 1973


Livro com 134 páginas, muito ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARO.


Preço: 75,00€;

Ultramar - Angola & S. Tomé - 'AO SOL DO IMPÉRIO (Viagem Presidencial a S. Tomé e Angola - Crónicas Africanas) ', de Fernando de Pamplona - Lisboa 1938 - MUITO RARO




Ultramar - Angola & S. Tomé - Crónicas da visita do Presidente Óscar Carmona às duas antigas colónias portuguesas de África


'AO SOL DO IMPÉRIO (Viagem Presidencial a S. Tomé e Angola - Crónicas Africanas)'
De Fernando de Pamplona
Edição da Companhia Nacional Editora
Lisboa 1938


Livro com 222 páginas, ilustrado e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


A obra insere as crónicas do autor, enquanto enviado-especial do matutino lisboeta 'DIÁRIO DA MANHÃ', quando acompanhou as deslocações e visitas do então Presidente da República portuguesa, General Óscar Carmona, às antigas colónias africanas de S. Tomé e Príncipe e Angola. Ilustrado com diversas fotografias dos acontecimentos, incluindo ainda os retratos oficiais dos dois mais altos dirigentes do regime: General Óscar Carmona e Prof. António de Oliveira Salazar.


Do ÍNDICE:
I - A largada;
II - Do Tejo à Madeira;
III - Madeira, Jardim do Atlântico;
IV - Diário de bordo;
V - A Ilha do Príncipe, Princesa das Ilhas;
VI - S. Tomé, a esmeralda dos oceanos;
VII - No enclave de Cabinda: Príncipes, Sobas, Missionários;
VIII - Foz do Zaire: 'O Clamor da História';
IX - A apoteose de Luanda, cabeça de Angola;
X - No Amboím, no coração da floresta;
XI - Lobito, o maior porto africano;
XII - Benguela-a-verde;
XIII - Mossâmedes, cidade branca no continente negro;
XIV - Visões da África selvagem;
XV - A caçada no deserto;
XVI - Cassequel, torrão de açúcar;
XVII - Mostruário da riqueza de Angola;
XVIII - O esforço missionário;
XIX - Unidade no tempo e no espaço;
XX - Lisboa, capital do império;



Preço: 60,00€;

Ultramar & Colonialismo - 'ANGOLA PERANTE A ESCRAVATURA', de Alfredo Diogo Júnior - Luanda 1967 - MUITO RARO



Ultramar & colonialismo - Uma parte da história colonial onde a escravatura era importante factor económico


'ANGOLA PERANTE A ESCRAVATURA'
De Alfredo Diogo Júnior
Editorial Quissange
Luanda 1967


Livro com 186 páginas e em muito bom estado de conservação.
De muito difícil localização.
MUITO RARO.


Preço: 60,00€;

Moçambique - Revista 'UNICA' do EXPRESSO, de 30 de Julho de 2011 - 'O MASSACRE DE MOATIZE' - MUITO RARA



Moçambique - Uma explosão provocou o reacender de ódios entre moçambicanos e portugueses, escassos 2 anos após a independência


Revista 'UNICA' do EXPRESSO, de 30 de Julho de 2011.
'O MASSACRE DE MOATIZE - Testemunhos da explosão e da chacina em Moçambique, 34 anos depois'.
"A história, 34 anos depois, da explosão que matou 64 mineiros da Chipanga 3 e da chacina que vitimou nove europeus.
Um caso silenciado pelas conivências políticas de Portugal e de Moçambique."

Reportagem de: José Pedro Castanheira (textos) e de António Pedro Ferreira (fotografias)
Desenvolvida reportagem de 18 páginas e ilustrada.
Com Paola Rolleta em Maputo e Daniel rosário em Bruxelas


Revista muito ilustrada e em muito bom estado de conservação.
De muito, muito difícil localização.
MUITO RARA.


'O MASSACRE DAS MINAS DE MOATIZE'
- "O Sousa Pontes não praguejou nem deixou sair um palavrão. só aquela exclamação: 'OH MEU DEUS !' ";
- Em 1976, a abóbada de cimento que protegia o ventilador foi projectada a 30 ou 40 metros e matou um homem;
- "O Sousa Pontes telefonou-me muito excitado: 'Estão a arrombar o escritório com picaretas, venha por ordem nisto !' ";
- "Zurzi forte no Ministro Marcelino: 'O senhor está a dizer isso a mulheres que acabaram de ficar viúvas !' ";
- "Na guerra, a FRELIMO matou 30 portugueses numa emboscada e nós só matámos nove. Quem é mais culpado?";
- No dia em que foi recebido por Samora, o embaixador Vaz Pereira enviou para Lisboa cinco telegramas secretos.
- "Na vila dizem que a casa de Sousa Pontes está assombrada. E depois da morte o Mercedes nunca mais andou";

"UM NEGRO OLHOU PARA MIM E DISSE: 'Já morreu mais um mzungo !' ";
- O mineiro português António de Jesus, 71 anos, conta, na primeira pessoa, como se salvou de uma chuva de pedras.

64 MORTOS LÁ EM BAIXO, NOVE CÁ EM CIMA

Investigação
- AS CAUSAS QUE NUNCA SERÃO CONHECIDAS



Preço: 50,00€;